Semear ideias ecológicas e plantar sustentabilidade é
ter a garantia de colhermos um futuro  
fértil e consciente!

Maranhão - (98)3274-1145 / 3274-1237 / 98789-2135

Piauí - (86) 98184-7844 / 99477-2937 / 99803-3774

Rio Grande do Norte - (84) 3631-8059 / 3631-8145 / 99128-2077

Tocantins - (63) 99911-5204 / 99111-7350 / 99994-8783

Sergipe - (79) 99809-5151 / 98111-6269

Bahia - (81) 98137-5151 / 99184-4555

Alagoas - (82) 98204-0785 / 99101-7679

Paraíba - (83) 98184-5151 / 99104-6032

Ceará - (85) 99186-1022

Pará - (94) 99174-6498 / 99215-4747

Pernambuco - (81) 98137-5151 / 99184-4555

 

Data: 10/06/2017.

 

A Prefeitura de São Luís e a empresa de reciclagem Indama farão o recolhimento semanal do óleo usado por comerciantes informais que trabalham na Praça Deodoro. O produto será armazenado de forma adequada em baldes e, depois de recolhido, será transformado em sabão artesanal. A ação visa a limpeza do logradouro, que recebe diariamente centenas de pessoas que trafegam pelo espaço, bem como a  preservação das árvores que muitas vezes recebem estes resíduos em suas raízes, o que prejudica a saúde destas espécies. 

Nesta sexta-feira (9), o Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur) e a Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), via Blitz Urbana reuniram os comerciantes informais que trabalham com óleo e água quente nas praças do Pantheon e Deodoro. A reunião foi parte da programação da Semana Mundial do Meio Ambiente e serviu como alerta para preservação de dezenas de oitizeiros centenários.

Durante o encontro que reuniu cerca de 60 comerciantes, o presidente do Impur, Luiz Borralho, explicou que várias ações já foram iniciadas como forma de prevenção e manutenção das plantas. "É necessário um trabalho conjunto e de conscientização por parte dos comerciantes para que preservemos nossas árvores, que são um bem da cidade. Para isto não podemos descartar resíduos em suas raízes porque traz muitos prejuízos às plantas", disse Borralho.

Ainda de acordo com Borralho, uma parte dos comerciantes cadastrados e que operam regularmente nas praças já faz a destinação correta destes resíduos. "Já temos pessoas que entenderam o processo e a necessidade de preservar, que encaminham o óleo para reciclagem e é exatamente o trabalho que estamos fazendo com os demais, conscientizar para que dêem a destinação correta para o produto", completou.

RECOLHIMENTO

O administrador da empresa recicladora, Rafael Pinto, explica que o processo de recolhimento será realizado semanalmente e que a empresa ficará responsável também pela reciclagem do óleo que será transformado em sabão artesanal. "Vamos distribuir baldes com tampa para que os comerciantes iniciem o processo do descarte correto e ao final da semana, faremos o recolhimento do produto com total higienização. Com o avanço na conscientização dessa prática, faremos ainda a implantação de bambonas fixas para atender as duas praças", detalhou Rafael Pinto.

Já a entrega do material será feito na base da Blitz Urbana, localizada na Praça do Pantheon, medida que, de acordo com o superintendente da Blitz, Antônio Duarte, facilita o deslocamento dos comerciantes. "Além de prevenção, a Prefeitura visa a saúde das plantas, o bem estar e segurança de quem trabalha e passa todos os dias por aqui", disse Antônio Duarte.

AÇÃO CURATIVA

A partir deste sábado (10), a Prefeitura de São Luís por meio do Impur, também dará início à ação curativa em 32 oitizeiros. Os exemplares que passaram por um minucioso diagnóstico, feito por técnicos e agrônomos, revela que as plantas estão com brocas, uma espécie de abertura interna e que propicia o aparecimento de fungos e bactérias que podem ocasionar a morte das árvores.

A ação tem prazo para conclusão de 10 dias, em razão do grande fluxo de pessoas que passam pelo local. Serão preenchidas as regiões comprometidas de cada árvore, entre outros procedimentos curativos.

 

Fonte: AGENCIASAOLUIS

 

© Copyright 2017 - Todos os direitos reservados para INDAMA