Semear ideias ecológicas e plantar sustentabilidade é
ter a garantia de colhermos um futuro  
fértil e consciente!

Maranhão - (98)3274-1145 / 3274-1237 / 98789-2135

Piauí - (86) 98184-7844 / 99477-2937 / 99803-3774

Rio Grande do Norte - (84) 3631-8059 / 3631-8145 / 99128-2077

Tocantins - (63) 99911-5204 / 99111-7350 / 99994-8783

Sergipe - (79) 99809-5151 / 98111-6269

Bahia - (81) 98137-5151 / 99184-4555

Alagoas - (82) 98204-0785 / 99101-7679

Paraíba - (83) 98184-5151 / 99104-6032

Ceará - (85) 99186-1022

Pará - (94) 99174-6498 / 99215-4747

Pernambuco - (81) 98137-5151 / 99184-4555

vendas agronegocio 1

Data:30/04/2018

Previsão está abaixo do resultado do ano passado com tendência de recuperação. Algodão tem se destacado, com aumento de 20,9%

A estimativa do valor bruto da produção (VBP) deste ano com base em informações de março, indicam valor de R$ 530,1 bilhões, 3,7% abaixo do obtido em 2017. Mas, há tendência de recuperação, pois os dados têm indicado sinais de aumento do valor com o passar dos meses.

Embora tenha havido redução do valor em fevereiro na comparação com o mês anterior, março já apresentou variação positiva sobre fevereiro. Isso pode indicar tendência de recuperação do valor no decorrer do ano, de acordo com José Garcia Gasques, Coordenador-Geral de Estudos e Análises da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

A direção dos resultados dependerá, explica Gasques, dos preços dos produtos e do milho de segunda safra. As lavouras e a pecuária sofreram redução do VBP, de 3,8% e de 3,5%, respectivamente. Os melhores resultados são os de algodão, com aumento de 20,9% em relação ao ano passado, cacau, 8,7%, mamona, 68,5%, soja, 3,8%, batata-inglesa, 3,4%, café, 2%, tomate, 32,7% e trigo, 37,3%. Todas essas variações são em termos reais (descontada a inflação).

Outro grupo de produtos tem apresentado redução de valor, entre os quais destacam-se o arroz, cana-de-açúcar, café, milho, laranja, mandioca. Como representam parte expressiva do valor da produção total, têm forçado para baixo o VBP deste ano. Esse efeito foi ampliado pela redução de valor da carne de frango, carne suína, e leite, que também estão tendo pior desempenho.

Destacam-se ainda produtos que têm apresentado recuperação dos preços, entre os quais estão ovos, algodão, batata e tomate. Dados regionais mostram que o Centro-Oeste lidera as demais regiões na geração de valor da produção, seguida pelo Sul, Sudeste, Nordeste e Norte. Entre os estados, Mato Grosso, Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul são os cinco com os maiores valores da produção neste ano.

Fonte: MAPA 

© Copyright 2018 - Todos os direitos reservados para INDAMA